Posts Marcados Applebee’s

Belo Horizonte e caminho para Ouro Preto

Minas Gerais é um dos maiores estados do Brasil, mas aqui irei abordar apenas sua capital e o caminho para Ouro Preto, antiga Vila Rica.

Expominas

Expominas


Feijão Tropeiro, Arroz e Coca-Cola

Feijão Tropeiro, Arroz e Coca-Cola


Barraca de Sergipe

Barraca de Sergipe

Logo no primeiro dia: 22º Feira Nacional de Artesanato. Comprei presentes para meus amigos e amigas, e muita comida, comi só na Feira: Um tablete de doce de leite, pacotes de petiscos, suspiros, cocadas e muito pão de queijo mineiro, obviamente. A Feira mostra de tudo, desde bordados daqui de Sergipe, até vinhos do Rio Grande do Sul. Chegando a hora do almoço, nada mais justo do que um feijão tropeiro original.

Diamond Mall

Diamond Mall

Conhecendo um dos shoppings mais luxuosos de Belo Horizonte, o Diamond Mall, que por sinal, é próximo do hotel, o Nacional Inn. Grande variedade de lojas, como iPlace, Hugo Boss, Nike Store, Saraiva, entre outras.

Hot Vanilla do California Coffee

Hot Vanilla do California Coffee


Almoço no Applebee's

Almoço no Applebee's

No outro dia, BH Shopping, o shopping que dizem ser mais luxuoso, moderno e belo de Belo Horizonte. Logo na chegada, uma parada no California Coffee para tomar um Hot Vanilla, que consiste em uma bebida feita basicamente de baunilha, leite e açúcar, mas muito delicioso. Após um longo passeio, almoço no Applebee’s, que é um restaurante estilo bar americano, seguindo a mesma linha do Outback, sendo este último, australiano.

Mercado Central: Artesanato

Mercado Central: Artesanato


Mercado Central: Alimentos

Mercado Central: Alimentos

Mercado Central foi inaugurado no dia 7 de setembro de 1929, um mercado de grande porte, muito parecido com o de São Paulo, só que um pouco mais diversificado, enquanto o Mercado de São Paulo é voltado mais para alimentos, o de Belo Horizonte é voltado mais para artesanato.

Lagoa da Pampulha, ao fundo o Mineirão e o Mineirinho

Lagoa da Pampulha, ao fundo o Mineirão e o Mineirinho

Quando falamos em Belo Horizonte, logo vem na cabeça, a Lagoa da Pampulha, um dos principais cartões postais de BH, mas que encontra-se em total poluição, nas margens dessa lagoa de 18 quilômetros quadrados, é possível notar o cheiro desagradável da poluição.

Igreja de São Francisco de Assis

Igreja de São Francisco de Assis

Igreja de São Francisco de Assis fica ao lado da Lagoa da Pampulha, e foi inaugurada em 1943, projeto de Oscar Niemeyer em homenagem ao frade italiano.

Museu de Arte Moderna

Museu de Arte Moderna

Esse Museu, já foi um casino, e um de seus maiores apostadores era o ex-prefeito de Belo Horizonte, ex-governador de Minas Gerias, e ex-presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek.

E agora Ouro Preto, contando uma breve história da cidade, ela já se chamou Vila Rica, foi uma das cidades mais importantes do Brasil, por causa da mineração, já foi capital de Minas Gerais, palco de várias revoltas.

Nova Lima

Nova Lima

A primeira cidade saindo de Belo Horizonte em direção a Ouro Preto, foi Nova Lima, cidade rica pela mineração, e por isso, melhor qualidade de vida e maior renda per capita de Minas, enfrentamos muita chuva e um leve nevoeiro, que é muito comum no final do ano.

Santuário do Bom Jesus de Matosinhos

Santuário do Bom Jesus de Matosinhos

Já em Congonhas, o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, inaugurada em 1773, tem os 12 profetas, esculpidos por Aleijadinho, em pedra-sabão. Aí a vista da basílica.

Quinto do Ouro

Quinto do Ouro

Aí pergunta-se: “Por que Quinto do Ouro?”, Quinto do Ouro é o restaurante em Ouro Preto. Uma parada para o almoço, e prato cheio, sem a falta do feijão tropeiro. Quinto do Ouro deriva-se do imposto que era pago pela exploração do ouro, onde todo o ouro encontrado era fundido, e um quinto era dado como imposto para a Coroa portuguesa.

Museu da Inconfidência

Museu da Inconfidência

O Museu da Inconfidência, esse grande museu, que já foi uma prisão para escravos, é enorme, pela fachada já percebe-se a grandeza do monumento, ao adentra, a pessoa sente-se pequena diante da grandiosidade, esse museu conta a história da Família Real, por conter vários pertences, desde utensílios de cozinha até roupas e quadros, no museu ainda tem os corpos de alguns inconfidentes, Tiradentes não está aí, e ainda de alguns apoiadores da Inconfidência.

Vale a pena dar uma passada em Minas Gerais, já há planejamentos para a próxima ida ao estado, mas dessa vez, a rota do interior será para Mariana e Sabará.

, , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário